Como fazer um orçamento doméstico matador

Orçamento doméstico/pessoalHá um tempo foi escrito aqui no blog um artigo sobre “Quanto da sua renda você pode gastar sem dor na consciência” que, sem querer, já esboçou como fazer um orçamento financeiro pessoal, mas agora vem uma série quinzenal e melhorada de 10 posts específicos para você fazer seu orçamento doméstico (ou verificar o que falta no seu planejamento financeiro atual).

Mas por que fazer um orçamento doméstico?

Imagine a situação…

O garoto chega da escola e o pai pergunta:
– E aí, filho! O que aprendeu hoje?
– Aprendi o que é um ladrão…
E o pai, demonstrando interesse:
– É mesmo? E o que é um ladrão?
– Por exemplo – diz o garoto, copiando a fala da professora. – Se eu pego uma nota de cem reais do seu bolso, pai… O que eu sou?
E o pai responde:
– Um mágico!

:) É. Piadas a parte, esse pai pode até ser bem humorado, mas é justamente para não precisar fazer mágicas que é necessário fazer um orçamento doméstico.

Um benefício claro de um orçamento é que ele é sua visão de futuro (e sem mágicas)!! E também é o básico para entender como seu dinheiro flui de suas mãos.

Ok. E por que seguir o modelo aqui do blog e não outro modelo tradicional que exista por aí?

Porque o objetivo nessa série de artigos não é fazer um controlezinho financeiro chato que você vai se empolgar por 2 meses e depois nunca mais vai abrí-lo por não conseguir anotar todos os gastos tin tin por tin tin. O objetivo aqui é fazer você perceber a relação direta que existe entre seu orçamento pessoal e seu balanço patrimonial e o porquê dessa relação ser uma forma muito mais esperta de como lidar com o dinheiro ao longo da sua vida.

Por que a classe média tem dificuldades financeiras

É isso mesmo, a classe média tende a crescer as despesas a medida que a renda cresce, normalmente, comprando pouquíssimos ou nenhum ativo. Na verdade, faz o contrário disso, compra muitos passivos que geram cada vez mais gastos.

Para combater a situação acima, o modelo de orçamento que vamos fazer é orientado para o progresso financeiro e foi separado em blocos para facilitar a visualização, o rápido controle financeiro e fazer as análises que realmente importam.

Modelo de orçamento doméstico

Para ensinar esse assunto, ao invés do tradicional passo-a-passo de “como fazer” eu optei por explorar o que você precisa saber sobre cada um dos bloquinhos do modelo de orçamento acima. Assim, você mesmo será capaz de avaliar o que está bom e o que precisa melhorar no seu planejamento de gastos atual.

Observe que você tem só uma semana para montar a estrutura acima no seu gosto (num caderninho, no computador) até que venha o primeiro artigo da série.

Atualização: Ops… O primeiro artigo da série já foi publicado no dia 14/março. Na verdade, todos os artigos da série já foram publicados! Como são muitos (10 posts ao todo), recomendo a você se organizar para ler, por exemplo, 1 ou dois artigos por dia para dar tempo de colocar as medidas em prática.

E… quais são os artigos!?

O Pai Rico Pai Pobre em prática no seu orçamento doméstico
Publicado dia 07/março!
Quais os benefícios de organizar sua renda pessoal em 3 tipos diferentes?
Publicado dia 14/março!
Por que você deve se importar com as 3 fases do investimento?
Publicado dia 03/abril!
O que é uma renda atípica e as 3 melhores formas de usá-la
Publicado dia: 19/abr!
Quais as melhores práticas ao organizar seus gastos pessoais
Publicado dia: 18/mai!
Por que você deve se importar com os descontos no seu salário?
Publicado dia: 22/jun!
Os 5 passos para ter consciência dos limites nos gastos pessoais do dia-a-dia
Publicado dia: 12/jul!
Quais os erros mais comuns no planejamento dos gastos comprometidos?
Publicado dia: 09/Ago!
Como fazer dos gastos atípicos gastos previsíveis e controláveis?
Publicado dia: 05/Set!
O que é acumulação de capital e as 3 estratégias mais usadas
Publicado dia: 24/jan!
Bônus: Teste para ver se seu orçamento doméstico está bom
Publicado dia: 20/fev!

Lembre-se: o orçamento mensal é a peça fundamental da história. Depois que você acabar de ler os 10 artigos você será capaz de:

  • Perceber como o dinheiro flui de suas mãos
  • Criar um método fácil e contínuo de identificação de falhas no orçamento
  • Conseguir planejar os gastos de forma eficiente
  • Entender o que é realmente importante analisar na sua vida financeira
  • Entender se você está enriquecendo ou se você está empobrecendo
  • Viver dentro de suas posses vivendo bem.

Então, quarta-feira da semana que vem, 7/março, ao meio-dia em ponto, tem o primeiro artigo da série! Não esqueça!

Formas de você não esquecer de vir ver o próximo artigo:

  • Siga-nos no Twitter: @goldmaNews
  • Curta nossa fã page no Facebook
  • Assine nosso feed
  • Ou ainda, receba mensalmente os artigos por e-mail

Contribua com a independência financeira dos seus amigos! Compartilhe!

Posts Relacionados:

Loading...
Receba o resumo do blog 1x por mês GRÁTIS
(sem spam)